Restaurante “Bichomau”, uma cozinha moderna, inventiva e acessível.

                                                 Não é “estúpido ” nem “mau”. É um bistrô tendência

Bichomau, literalmente “besta malvada”. Aqui é mais como “pequena praga” porque é assim que a avó de Rita, co-proprietária do restaurante, tratava a menina quando era pequena.

À primeira vista, o nome Bichomau pode soar assustador. Mas não é este o caso. O Bichomau mostra a sua diferença. O seu espírito de bistrô coloca-o a meio caminho entre uma “tasca” (um pequeno restaurante de bairro) e um Hip gourmet do centro da cidade.

No coração de Campo de Ourique, idealmente localizado em frente à Casa Fernando Pessoa, Bichomau gosta de surpreender.

O restaurante quebra os códigos…

Rita Gama e o seu companheiro Tomás Rocha os proprietários fizeram a aprendizagem no estrangeiro, e em particular em Nice. A oportunidade de aprender as técnicas e adquirir o know-how da “cozinha francesa”.

Todo o interesse de Bichomau é fazer algo totalmente português.

Restaurant Bichomau

                                                     Um desafio para o paladar e uma originalidade refinada

Bichomau oferece uma cozinha de bistrô inspirada nos pratos tradicionais portugueses. Tomás estabeleceu uma verdadeira parceria com os seus fornecedores, praticamente exclusiva para certos pratos, como a carne de porco.

No que diz respeito aos sabores, não falta nada nos pratos.  A ideia é surpreender enquanto se oferece um produto de qualidade, sem se desviar para o conceito de nouvelle cuisine.

Por outras palavras, trata-se de ser autêntico e inventivo ao mesmo tempo.

Traduzido com a versão gratuita do tradutor – www.DeepL.com/Translator

resto Bichomau
Esprit bistrot restaurant Bichomau

                                                      Pratos ” pequena praga”.

A originalidade está também nos nomes. Até o prato chamado “o inominável” simplesmente porque os chefes Rita e Tomás não conseguiram encontrar um nome para ele. Um prato de lagosta…

Não deixe de provar o incrível tártaro de ostra e peixe branco: uma onda de sabor marítimo na sua boca. E mesmo aqueles que não conseguem com a aparência das ostras ficarão agradavelmente surpreendidos.  O prato é chamado “mar salgado”, um convite.

“Os sapaquetes”, croquetes de sapateira de grande frescura na boca.

“O porco que queria ser ovelha”: carne de porco mangalitsa, salada de covo e brioche. Tão surpreendente como esta mistura de ingredientes sugere.

Alguns exemplos do que espera os convidados, num espaço acolhedor mas não ostentoso.

Tomás Rocha et Rita Gama du Bichomau

Bichomau Lisbonne

Bichomau

Publiée par bistro_bichomau sur Vendredi 11 octobre 2019

Rua Coelho da Rocha 21A, 1250-096 Lisboa

Tel 21 160 86 94

Apenas ao jantar. É aconselhável reservar (medidas covid)

Contar entre 14 e 18 euros por prato.  Sobremesas, tais como o sumptuoso crème brûlée com banana, queijo e crocante, são de 6 euros.